Pesquisar

Navegação

 

O Sebrae aqui realizou na noite de ontem uma palestra com o tema "Como vender para a Prefeitura", a palestra aconteceu no prédio da ACIMA com o palestrante Heveraldo Galvão e contou com vários empreendedores de Morro Agudo e também com a presença do Prefeito Gilberto Barbeti que fez a abertura da palestra e falou aos empresários sobre a importância de a Prefeitura comprar na cidade o que movimenta a economia local, gera mais trabalho e renda. O prefeito falou também sobre a lei implantada no ano passado logo que assumiu a Administração que auxilia aos pequenos empresários locais.


A retroescavadeira que estava em péssimas condições agora parece nova; foi toda reformada, revisada e ganhou pintura nova, oferecendo melhores condições de trabalho à equipe e mais resultados à população.

O Prefeito Gilberto Barbeti esteve nesta quarta-feira (28), juntamente com a secretaria da Educação Helena Dutra, na Escola Carlos Ângelo realizando a entrega do material didático do ano letivo de 2018.

O sistema apostilado da empresa Expoente e vai atender desde o Maternal II até o 9º ano, além do EJA, proporcionando aos alunos e professores oportunidades de alcançarem o melhor do aprendizado.

Além disso, as escolas também estão recebendo todo material necessário como cadernos, lápis, borracha, apontador, cola, caneta, régua, tinta guache e giz de cera.

 

A Prefeitura Municipal de Morro Agudo conta com um canal de comunicação onde o cidadão solicita serviços, realiza suas críticas e faz sugestões de maneira rápida e prática pelo telefone: 0800-505-5050, Whatsapp (16) 98837-4668 ou pelo site www.morroagudo.sp.gov.br

Após a solicitação, o cidadão receberá um protocolo e uma resposta diretamente do Setor responsável por aquela sugestão, critica ou solicitação de serviço.

Na manhã desta quarta-feira (28) o prefeito Gilberto Barbeti anunciou que a licitação para a compra de uniformes para os alunos da rede municipal de ensino já está sendo finalizada e que em breve os pais receberão um bilhete solicitando o tamanho das roupas de cada criança.
“O ano passado não pudemos comprar o uniforme, mas este ano vai ser possível. Aos poucos estamos retomando as conquistas que haviam sido perdidas”, disse Barbeti.